Museu Pushkin

Museu Pushkin

Localizado no coração de Moscou, o Museu Pushkin é um dos museus de Belas Artes mais importantes da Rússia. Suas amplas e variadas coleções abrangem obras-primas desde a Antiguidade até os nossos dias.

Olhando para o passado

O Museu Pushkin de Moscou deve sua origem a Ivan Vladimirovich Tsvetaiev, um professor que sonhava em contribuir para a educação criando um museu. Seu empenho em tornar seu sonho realidade fez com que ele conseguisse um terreno onde o museu seria instalado.

Depois da inauguração em 1912, o Museu Pushkin foi evoluindo e crescendo à medida que a cidade se transformava à mercê dos acontecimentos que marcariam a história e a personalidade do país.

A Revolução Socialista de Outubro foi um ponto de inflexão na história do museu, que, depois de ser nacionalizado, viu suas coleções crescerem em passos gigantes à medida que recebiam as peças de mansões abandonadas e museus fechados.

Percorrendo o museu

Atrás da sua imponente fachada de estilo clássico com colunas de estilo jônico, o Museu Pushkin conta com uma coleção ampla e variada que inclui mais de 300.000 obras, entre as quais estão desenhos e gravuras, esculturas do Antigo Egito, vasilhas gregas, pinturas de artistas europeus e diversos ícones bizantinos.

Monet, Rembrandt, Botticelli, Picasso, Van Gogh, Renoir e Matisse são alguns dos grandes mestres cujas peças são exibidas no museu.

Um dos bons

O Museu Pushkin de Moscou é um dos mais importantes do país, junto com o Museu Hermitage de São Petersburgo, por isso, se durante sua estadia na cidade você planeja visitar um museu, o Pushkin é a melhor opção.

Nos arredores do museu está a Catedral de Cristo Salvador, por isso você pode aproveitar a visita à essa zona para conhecer os dois lugares.

Horário

De terça a domingo, das 11:00 às 20:00 horas (quinta e sexta até as 21:00 horas).
Segunda-feira: fechado.

Preço

Adultos: 400 (US$5,30).
Estudantes: 200 (US$2,60).
Menores de 18 anos: entrada gratuita.

Visita guiada ao Museu Pushkin US$60

Transporte

Metrô: Kropotkinskaya, Borovitskaya e Biblioteka imeni Lenina.